Segunda-Feira , 20 Novembro 2017

 

 Procurando corrigir a baixa empregabilidade de pessoas com deficiência na capital baiana e tornar Salvador uma referência nacional na inserção deste público no mercado de trabalho, a Prefeitura entrega, nesta terça-feira (24), a nova sede da Unidade para Pessoas com Deficiência do município (UPCD). A cerimônia de inauguração está marcada para ocorrer às 10h, e contará com as presenças do prefeito ACM Neto, do chefe de Gabinete do Prefeito, João Roma, da coordenadora da UPCD, Risalva Teles, presidentes de associações para pessoas com deficiência, secretários municipais e convidados.

 

Vinculada diretamente ao Gabinete do Prefeito, a UPCD fica localizada na Rua Engenheiro Lima e Silva, Edifício Fernando José, 399, na Avenida Joana Angélica, mesmo prédio em que hoje fica o Instituto de Previdência do Salvador (IPS/Previs). O espaço contribuirá tanto na formação de pessoal qualificado para lidar com os diversos tipos de deficiência - motora, visual, auditiva e intelectual, como na oferta de cursos profissionalizantes para as PCDs.

 

Hoje, apenas cerca de 4% das 320 vagas oferecidas em 2017 para pessoas com deficiência, pelo Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-Obra (SIMM), foram preenchidas de forma definitiva ao longo do ano. Dentre os motivos apontados para este déficit no mercado de trabalho, consta a falta de qualificação para determinada área ou, de forma oposta, devido à oferta de colocações aquém da formação apresentada pelo candidato que se apresenta à vaga. Atualmente, o órgão, localizado no bairro do Comércio, conta com aproximadamente 240 vagas para PCDs.

 

Antes de receber a sede da UPCD, o prédio foi totalmente requalificado, recebendo modernos elementos de acessibilidade, conforme a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Elaborada a partir de recursos públicos e privados, a unidade contou com a doação de equipamentos eletrônicos por meio do Ministério Público e do Rotary Club da Bahia. A iniciativa deu vida à implantação da sala de informática para pessoas com deficiência visual. Nas demais alas do prédio estão dispostas as diretorias, administração, sala de musicoterapia, salão multiuso e sala de cinema.

Conselho
 - Na ocasião, também serão empossados os 18 novos membros do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência (Comped). Destes, nove são oriundos da gestão pública, enquanto a outra metade é composta por representantes das entidades de apoio às pessoas com deficiência, como a Associação Baiana dos Deficientes Físicos (Abadef), o Ser Down, Associação Baiana de Síndrome de Down e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).