Segunda-Feira , 20 Novembro 2017

 

O prefeito ACM Neto reinaugura, nesta quinta-feira (26), a Biblioteca Edgard Santos, na Ribeira. A reabertura do espaço ocorre após dez meses de reformas que tornaram a estrutura mais moderna e totalmente adaptada aos requisitos de acessibilidade recomendados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Dono de um dos maiores acervos literários da capital baiana, o espaço conta, atualmente, com cerca de 19 mil livros de gêneros variados, na sua maioria de grandes autores brasileiros. A cerimônia de entrega do espaço será às 9h e contará com a presença do presidente da Fundação Gregório de Matos (FGM), Fernando Guerreiro, autoridades e lideranças.

 

Inaugurado em agosto de 1978, o espaço, cuja área é de aproximadamente mil metros quadrados, possui importante vínculo com a comunidade da Península Itapagipana, que utiliza suas dependências para pesquisas e trabalhos escolares. As adaptações realizadas abrangem banheiros mais seguros, mobiliário sustentável, formado por carretéis e paletes reutilizados, acessibilidade digital e sistema de internet wifi. Além disso, todo o paisagismo da estrutura foi refeito, com destaque para o jardim de entrada e um painel doado pela artista plástica Luiza Olivetto.

 

Com a reinauguração, a ideia é que a biblioteca seja utilizada ainda como centro irradiador de conhecimento para outros bairros e praças nas imediações, com a promoção constante de eventos externos, como exposições, contos cantados e oficinas de arte e literatura. Esta é a segunda reforma na Edgard Santos, que sofreu uma releitura do conceito inicial. A biblioteca funciona de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30. Em homenagem ao Mês das Crianças, na semana de reabertura, serão desenvolvidas atividades voltadas para o público infanto-juvenil, chamando atenção para a inclusão social, sustentabilidade, acessibilidade nos espaços culturais e trabalho em equipe.

 

Programação - Dentro da programação do evento, ocorrem inúmeras atividades para celebrar a devolução do espaço à comunidade itapagipana. Às 9h ocorre a apresentação do Grupo de Dança da Fundação Cidade Mãe, no Espaço Jardim, levando a coreografia “Brincadeiras” para o público presente. Em seguida, às 9h15, acontece o pronunciamento das autoridades presentes. Para às 9h30 está prevista a apresentação do Programa Caminhos da Leitura. Às 9h45 haverá uma visita guiada às instalações da unidade. Por volta das 10h, o projeto Leiturinha Cantada entra em cena, com a história da literatura Infantil. As 10h30 se dará o encerramento do evento e início do funcionamento normal da biblioteca.