Segunda-Feira , 20 Novembro 2017

 

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), vai iniciar a construção de 440 gavetas em cemitérios municipais. A ordem de serviço para começo imediato das obras será assinada pelo titular da Semop, Marcus Vinícius Passos, nesta sexta-feira (27), às 14h, na sede da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), na BR-324.

 

As novas gavetas serão construídas nos cemitérios municipais de Plataforma (216), ltapuã (96) e Brotas (128). A execução do serviço ficará a cargo da Jauá Construções Eireli - EPP, vencedora da licitação em modalidade de pregão eletrônico. As obras devem ser concluídas em três meses, e o investimento é de R$ 361 mil, proveniente de recursos municipais.

 

A intervenção é fruto da preocupação da Prefeitura em melhorar o atendimento dos cemitérios da capital e do crescimento da demanda por novas vagas. “Em março de 2016, o cemitério Quinta dos Lázaros, administrado pelo governo estadual, teve sua operação finalizada. No local eram realizados, em média, seis enterros por dia. Com o fechamento, a Prefeitura abarcou toda essa demanda”, explica o titular da Semop.

 

Ele ainda aponta o aumento do índice de mortes violentas em Salvador, principalmente aos finais de semana, como outro fator que contribui para aumento da procura por vagas nos cemitérios. “Em 2013, foram feitos 3.725 sepultamentos nas unidades municipais. Em 2016, o número subiu para 5.215, ou seja, um aumento de 40%”, observa Marcus Passos. "Por isso, verificamos a necessidade da construção de novas gavetas e fizemos um planejamento para entregar 2.500 novas vagas até o final de 2020”, acrescenta.

 

Finados – A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realiza serviços de manutenção em todos os dez cemitérios administrados pelo Município (Paripe, Periperi, Plataforma, Pirajá, Brotas, Itapuã e ilhas de Maré, Bom Jesus dos Passos, Ponta de Nossa Senhora e Paramana, na Ilha dos Frades), no intuito de atender com mais conforto os visitantes no Dia de Finados, em 2 de novembro.

 

Os locais já passam por limpeza, capinação e pinturas em muros, meios-fios e nas unidades administrativas. Todo o serviço será concluído até o último dia deste mês. Para o Dia de Finados, todos os cemitérios terão eventos religiosos, tanto católicos quanto evangélicos. A expectativa é que esses espaços recebam em torno de 8 mil pessoas, entre os dias 1º e 2.