Terça-Feira , 27 Junho 2017

 

Diretores, professores, além de representantes do Corpo de Bombeiros, de secretarias municipais e das Prefeituras-Bairro participaram, na tarde desta terça-feira (18), do lançamento do Projeto Defesa Civil nas Escolas (PDCE), na sede da Fundação Cidade-Mãe (FCM), no Engenho Velho de Brotas. Essa é uma iniciativa da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que tem como objetivo capacitar a comunidade escolar para lidar adequadamente com situações de emergência.

 

Serão capacitada 1.036 crianças e adolescentes do sexto ano do ensino fundamental de seis escolas municipais. Durante o evento, o chefe do Setor de Ações Educativas da Codesal, Milton Nascimento, apresentou o projeto, que vai ser dividido em quatro módulos: o primeiro que vai explicar o que é e como funciona o órgão; o segundo sobre zoonoses; o terceiro sobre primeiros socorros; e o quarto sobre o simulado de evacuação das unidades escolares.

 

“Esse projeto não é nosso, muito menos da educação. É da cidade e dos cidadãos que aqui vivem e, principalmente, dessas crianças e adolescentes, que vão aprender a fazer com que as áreas mais vulneráveis possam ser melhor cuidadas”, explicou o diretor-geral da Codesal, Gustavo Ferraz. O projeto acontece também nas unidades escolares capacitadas no ano passado. “Teremos visitas também nessas unidades e vamos acompanhar o trabalho que está sendo feito a partir do que foi passado por nós”, acrescentou Nascimento.

 

A ação está em consonância com a Política Nacional de Proteção do setor, que estabelece entre os objetivos a prioridade de ações preventivas, com vistas a minimizar desastres e envolver a sociedade civil no processo. Os alunos aprenderão conceitos de redução de risco, educação ambiental, prevenção de acidentes domésticos e sobre o Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil (SMPDC), por meio de palestras e dinâmicas de grupo.

 

Também participaram o subsecretário da Cidade Sustentável e Inovação (Secis), João Resch Leão; a diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Joelice Braga; e o coronel do Corpo de Bombeiros, José Nunes.